Indicado de Obama para pasta do Comércio desiste do cargo

WASHINGTON (Reuters) - O senador republicano Judd Gregg anunciou nesta quinta-feira que desistiu da nomeação do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, para ser secretário de Comércio, em outro revés na tentativa de Obama de atrair apoio entre os partidos. Gregg disse que sua desistência se deu por diferenças com o presidente democrata em questões como o pacote de estímulo econômico e o recenseamento do país, que estaria sob responsabilidade do departamento de Comércio.

Reuters |

"Antes de aceitar este cargo, nós discutimos essas e outras potenciais diferenças, mas infelizmente não nos focamos adequadamente nestas preocupações", disse o senador de New Hampshire em um comunicado.

"Nós operamos sob pontos de vista diferentes em relação a vários temas críticos de política", ele disse. "Obviamente o presidente precisa de um time que lhe dê total apoio para suas iniciativas."

Este é o segundo nomeado para a Secretaria de Comércio que desiste do cargo. O primeiro escolhido, o governador de New Mexico Bill Richardson, abriu mão por estar sendo investigado.

(Reportagem de Richard Cowan)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG