Indicado de Obama pagará US$ 10 mil em imposto atrasado

WASHINGTON - O indicado do presidente Barack Obama para assumir o cargo de representante comercial dos EUA terá de pagar quase 10 mil dólares em impostos vencidos, já que foram descobertos erros em declarações anteriores, disse a Comissão de Finanças do Senado na segunda-feira.

Reuters |

Ron Kirk, ex-prefeito de Dallas, é o quinto indicado de Obama a enfrentar problemas tributários, apesar de o presidente ter sido eleito com uma campanha que enfatizava a necessidade de ética na política.

Funcionários da Casa Branca disseram que as irregularidades tributárias de Kirk são ínfimas. "Estamos confiantes de que o prefeito Kirk será confirmado", disse o porta-voz da Casa Branca Ben LaBolt.

O presidente da Comissão de Finanças do Senado, o democrata Max Baucus, disse acreditar que Kirk seja "a pessoa certa para o cargo" e prometeu avançar rapidamente com a aprovação dele. A comissão realizará na próxima segunda-feira a audiência para isso.

Uma análise das declarações fiscais de Kirk entre 2004 e 2007 revelou que ele deixou de declarar 37.750 dólares ganhos com palestras e doados a uma faculdade do Texas.

Ele também declarou valores acima do permitido com referência a ingressos de jogos de basquete do Dallas Maverick e a impostos e contadores como sócio de um escritório de advocacia.

A comissão também encontrou erros em deduções de Kirk com a filantropia, o que o levou a reavaliar um televisor que ele doara --que deveria ser deduzido por um valor de 1.500 dólares, e não 3.000.

Kirk, indicado em dezembro para o cargo de negociador comercial dos EUA, disse à comissão que inicialmente acreditou que o dinheiro ganho nas palestras não seria tributável, já que foi doado ao Austin College para completar uma promessa de bolsa que ele fizera.

Porém, em outubro passado, Kirk pagou 2.327 dólares em impostos atrasados e juros por dividendos e honorários como conferencista, um valor recebido em 2006 e que havia sido apontado em auditoria do IRS (Receita Federal dos EUA), segundo a comissão do Senado.

Isso levou a comissão a examinar se Kirk deveria ter declarado como rendimentos todos os honorários por conferencias que ele doou ao Austin College.

(Por Doug Palmer - Reportagem adicional de Caren Bohan)

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG