Nova Délhi, 11 jan (EFE).- A Índia testou hoje com sucesso o míssil supersônico ar-ar Astra, com um alcance de 30 a 110 quilômetros e de fabricação nacional, em uma base militar do Golfo de Bengala, informou uma fonte oficial.

Dois mísseis Astra, que significa "arma" em hindu, foram lançados com quase três horas de diferença da plataforma de lançamento situada no Campo de Testes Integrado (ITR, na sigla em inglês) da localidade de Chandipur, na região indiana de Orissa.

"Foi um voo muito bom", disse à agência de notícias indiana "Ians" o diretor do ITR, S.P. Dash.

Quando se lança do nível do mar, o míssil tem um alcance de apenas 30 quilômetros, mas em maiores altitudes o alcance aumenta, chegando a 110 quilômetros quando se lança de uma altitude de 15 mil metros.

Uma fonte da Organização para o Desenvolvimento e Pesquisa de Defesa (DRDO) citada pela agência de notícias "PTI" afirmou que haverá novos testes do míssil, embora a navegação, a propulsão e outros subsistemas do aparelho já tenham sido aprovados.

O Astra é a menor arma do programa de mísseis guiados do sistema de defesa indiano, com 3,6 metros de longitude, um diâmetro inferior a 18 centímetros e um peso inicial de 154 quilos, com capacidade para levar uma ogiva de 15 quilos.

Os engenheiros do Exército demoraram cinco anos para desenvolver o míssil, que custou 10 bilhões de rúpias (US$ 220 milhões).

O míssil foi testado pela primeira vez em maio de 2003. Outros dois testes foram realizados em março de 2007 e setembro do ano passado. EFE daa/sa

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.