Índia terá 60% dos casos de doenças cardíacas até 2010, diz estudo

Até 2010, três em cada cinco casos de doenças cardíacas no mundo acontecerão na Índia, segundo afirma um estudo divulgado nesta sexta-feira. A proporção é quase quatro vezes maior do que a da população indiana em relação ao restante do mundo.

BBC Brasil |

A pesquisa foi realizada por cientistas indianos e canadenses e publicada na última edição da revista científica Lancet.

As doenças cardíacas são a maior causa de mortalidade em todo o mundo e foram responsáveis, em 2001, por 7,1 milhões de mortes - 80% delas em países em desenvolvimento.

Mais jovens
A equipe de pesquisadores avaliou mais de 20 mil pacientes com ataques cardíacos atendidos em 89 hospitais de 50 cidades em todo o país.

Eles verificaram que muitos dos pacientes eram mais jovens do que os pacientes encontrados nos países mais desenvolvidos.

As principais causas da doença eram as mesmas que as verificadas nos países ricos, como fumo, dietas ricas em gorduras saturadas e hipertensão.

Mas o estudo também identificou causas locais específicas na Índia. Uma delas era o tempo necessário para chegar a um local para assistência médica.

Os indianos levam em média o dobro do tempo para chegar a um hospital do que nos países desenvolvidos - principalmente porque poucos pacientes usam serviços de ambulância, contando em vez disso com o transporte público ou particular.

A pobreza também é um fator que impede muitos indianos de conseguir tratamentos de rotina, incluindo procedimentos cirúrgicos, porque muitos deles têm que pagar pelo atendimento do próprio bolso.

Para os autores do estudo, com o rápido crescimento da economia indiana há a tendência de um aumento nos casos de doenças cardíacas antes que políticas públicas consigam promover uma redução semelhante à verificada nos países desenvolvidos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG