A Índia iniciou a contagem regressiva para lançar na quarta-feira a primeira missão espacial sem tripulação à Lua, o que permitirá ao país continuar na corrida espacial ao lado de outros países asiáticos como China e Japão.

O lançamento acontecerá quase um mês depois da primeira caminhada espacial de um astronauta chinês.

A sonda indiana Chandrayaan-1 será lançada pelo foguete PSLV, que vai decolar na manhã de quarta-feira do centro espacial Satish Dhawan em Sriharikota, no estado indiano de Tamil Nadu.

A missão lunar acontecerá em três etapas: lançamento do foguete, entrada em órbita da sonda lunar a 385.000 km da Terra e realização de experimentos e observações da Lua durante dois anos.

As observações estarão centradas na detecção de água, minerais e substâncias químicas.

A missão tem orçamento de 90 milhões de dólares e será seguida por outra em 2012.

bur-er/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.