Índia presta homenagem às vítimas de ataques de Mumbai

População marca segundo aniversário de ação terrorista que deixou 166 mortos em novembro de 2008

iG São Paulo |

Indianos marcaram nesta sexta-feira o segundo aniversário dos atentados de Mumbai, que deixaram 166 mortos entre 26 e 29 de novembro de 2008. Na ocasião, dez homens armados fizeram ataques em um hotel de luxo, uma estação ferroviária, um centro religioso judeu e um bar muito frequentado por turistas.

A polícia e as forças de segurança desfilaram nesta sexta pelas ruas de Mumbai, além de inaugurar um memorial em homenagem a seus colegas mortos. Nos locais dos ataques, a população deixou flores e fez orações.

AP
Indiano presta homenagem às vítimas em frente ao hotel Taj Mahal, um dos alvos dos ataques de Mumbai

No Parlamento, autoridades fizeram um minuto de silêncio em homenagem às vítimas dos atentados que, segundo a Índia e os Estados Unidos, foram realizados pelo grupo islamita Laskhar-e-Taiba (LET), com sede no Paquistão.

Nove supostos integrantes do grupo foram mortos pelas forças de segurança indianas, e o único sobrevivente, Mohamed Ajmal Kasab, foi condenado à morte por um tribunal especial de Mumbai em maio. Outros sete suspeitos, entre eles o suposto cérebro do ataque, Zakiur Rehman Lakhvi, estão sendo julgados no Paquistão.

O ministro indiano das Relações Exteriores, S.M. Krishna, pediu que o Paquistão lute contra grupos terroristas em seu território e atue para que os autores do ataque sejam condenados.

"Uma vez mais, peço ao Paquistão que desmantele a máquina terrorista operando impunemente nos territórios sob seu controle e que ponha rapidamente à disposição da Justiça os autores do atentado de Mumbai", declarou Krishna.

Com AFP

    Leia tudo sobre: paquistãoíndiamumbaiterrorismoLET

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG