Índia precisa de US$ 1 trilhão para infraestrutura, diz governo

O primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, afirmou nesta terça-feira que o país precisa duplicar os seus gastos com infraestrutura e atingir a marca de US$ 1 trilhão em investimentos entre 2012 e 2017 para poder alcançar um crescimento econômico anual de 10%. Estimativas preliminares sugerem que os investimentos em infraestrutura terão que se expandir para US$ 1 trilhão durante o período, disse Singh durante uma conferência nesta terça-feira.

BBC Brasil |

Durante o encontro, o primeiro-ministro indiano afirmou que seu governo espera que o PIB do país cresça 8,5% no ano fiscal que vai de abril de 2010 a março de 2011, e 9% entre 2010 e 2011.

"Mas precisamos fazer ainda melhor. Nós devemos trabalhar com um alvo de crescimento anual de 10% ao ano", disse.

Infraestrutura
Durante o período de cinco anos que vai até março de 2012, o governo indiano pretende gastar US$ 512 bilhões em projetos de infraestrututra.

Uma das economias que mais cresce entre os países emergentes, a Índia, no entanto, tem graves deficiências na área, com estradas congestionadas e em péssimo estado de conservação, portos antiquados e escassez de energia elétrica.

Autoridades indianas acreditam que os graves problemas de infraestrutura poderão retardar o crescimento econômico do país na próxima década.

"Para um crescimento real e inclusivo, nós precisamos atingir as demandas de infraestrutura para todo o país. (O conceito) de infraestrutura também precisa ser definido de maneira mais ampla, para incluir estradas, estradas de ferro, transporte por água e ar, irrigação, energia elétrica e telecomunicações", disse Singh.

Setor privado
Para atingir o montante de investimentos desejado, no entanto, o governo indiano espera poder contar com o setor privado, já que bancos e outros sistemas de financiamento estatais já estão bastante comprometidos com os investimentos.

"Nós ainda não fomos completamente bem sucedidos em explorar todo o potencial de fundos de pensão e de seguros para investimentos em projetos de infraestrutura", afirmou nesta terça-feira o ministro da Economia do país, Pranab Mukherjee.

Segundo ele, o governo permitirá que empresas privadas negociem "títulos de infraestrutura", que darão a elas isenções de impostos como uma forma de estimular investimentos em projetos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG