Índia pede que ONU puna responsáveis por atentados de Mumbai

Nações Unidas, 9 dez (EFE).- O Governo da Índia pediu hoje ao Conselho de Segurança da ONU que inclua em sua lista negra de suspeitos vinculados com o terrorismo internacional todas as pessoas ou grupos relacionados com os recentes atentados em Mumbai.

EFE |

O secretário de Estado de Exteriores indiano, E. Ahmed, pediu em um discurso na ONU a inclusão nessa lista da organização educativa Jamaat-ud-Dawa, que aparentemente serve de cobertura na Caxemira paquistanesa ao grupo separatista Lashkar-e-Toiba (LeT), acusado de lançar os ataques.

"Todos os que de alguma maneira são responsáveis pelos atentados terroristas em Mumbai devem ser levados à Justiça", disse.

Ahmed assinalou que seu Governo confia na inclusão dessa organização na lista de indivíduos e grupos que o Conselho de Segurança condena por vínculos com o terrorismo, tendo em base a resolução 1.267, adotada após os ataques de 11 de Setembro.

Os integrantes da lista são proibidos de viajar ao exterior e seus bens são congelados. EFE jju/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG