A Índia pediu ao Paquistão que entregue supostos terroristas, sobretudo o líder de um grupo islamita suspeito da autoria dos atentados de Mumbai, informaram fontes diplomáticas.

A solicitação foi formulada pelo embaixador da Índia em Islamabad, Satyabrata Pal, em uma reunião celebrada na segunda-feira com autoridades diplomáticos paquistanesas.

Entre os suspeitos reclamados por Nova Délhi estão Hafeez Sayeed, o líder do grupo Lashkar-e-Taiba, com sede no Paquistão, ativo na Caxemira e principal suspeito dos ataques da semana passada.

Leia mais sobre: atentados em Mumbai

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.