O ministro indiano das Relações Exteriores, Pranab Mujerjee, descartou nesta terça-feira qualquer plano de ação militar contra o Paquistão, de acordo com a agência Press Trust of India.

Mujerjee fez a declaração depois de uma reunião do gabinete de segurança, a principal instância de decisões militares e diplomáticas, convocada após os atentados de Mumbai na semana passada, que deixaram pelo menos 188 mortos.

A Índia pediu ao Paquistão que entregue supostos terroristas, sobretudo o líder do grupo terrorista islamita Lashkar-e-Taiba, que tem como base o território paquistanês.

gh/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.