Índia: Militantes islâmicos são mortos em confronto com polícia

Dois militantes islâmicos foram mortos em um tiroteio com policiais em subúrbio da capital da Índia, Nova Déli, segundo informações da polícia. O confronto aconteceu na área muçulmana de Jamia Nagar depois que a polícia cercou uma casa onde se suspeitava que militantes estariam escondidos.

BBC Brasil |

A região foi isolada durante a operação, conduzida por uma equipe especial de antiterrorismo.

Segundo o policial Karnail Singh, dois policiais ficaram feridos no confronto, um militante foi preso e dois conseguiram escapar.

Ataques
O conflito acontece uma semana depois de uma série de bombas explodiram em mercados populares em diferentes partes da capital indiana, deixando 18 mortos e cerca de 90 feridos.

Ainda não se sabe se os militantes mortos durante a operação desta quinta-feira estariam relacionados com os atentados da semana passada.

Nos últimos meses, diversas cidades indianas têm sido alvo de ataques. Desde outubro de 2005, mais de 400 pessoas já morreram, vítimas desses atentados.

Segundo o correspondente da BBC em Nova Déli Sanjoy Majumder, o governo tem recebido críticas duras por não ter conseguido evitar os ataques.

Na quinta-feira, o governo indiano revelou uma série de medidas para reforçar a segurança e as forças de inteligência do país.

Entre os planos anunciados pelo governo está um novo centro para pesquisas sobre vigilância e medidas de prevenção que se tornaria o foco de estratégias antiterroristas na Índia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG