A Índia está mais ferida e enfurecida do que nunca depois dos atentados cometidos na semana passada por islamitas em Mumbai, advertiu nesta sexta-feira o primeiro-ministro indiano Manmohan Singh.

"Dizemos ao mundo que o povo indiano jamais se sentiu tão ferido e enfurecido, por causa dos ataques terroristas de Mumbai", declarou Singh.

Os atentados causaram 163 mortos, entre eles 26 estrangeiros, de acordo com o balanço oficial mais recente.

pg/sas/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.