Índia e Afeganistão conclamam Paquistão a lutar contra terrorismo

Nova Déli, 12 jan (EFE).- Por ocasião da visita à Índia do presidente afegão, Hamid Karzai, ambos os países lembraram hoje as obrigações dos Estados de evitar o terrorismo que se forme de qualquer maneira em seus territórios, em clara alusão ao Paquistão.

EFE |

Em declaração conjunta, Afeganistão e a Índia pediram o "total cumprimento" por parte dos Governos de suas obrigações na luta contra o terrorismo, já que este "emana de escondeirjos e campos de treinamento" que dão "sustento e apoio aos grupos terroristas".

Karzai, que se reuniu com o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, ainda aproveitou sua primeira visita a Nova Déli desde os ataques terroristas de Mumbai para expressar sua "solidariedade" ao Governo e o povo deste país, segundo a declaração assinada por ambos.

"Este deplorável episódio mostra que o terrorismo é uma ameaça para toda a Humanidade", ressalta a declaração, divulgada pelo Ministério indiano de Relações Exteriores.

A Índia realiza um esforço diplomático para atrair apoio internacional após os atentados de novembro e afirmou que a sofisticação dos ataques sugere que os serviços secretos paquistaneses (ISI) estão envolvidos.

Karzai, cujo Governo também acusou o ISI de estar por trás do atentado contra a embaixada indiana em Cabul de julho de 2008, criticou em várias ocasiões o Paquistão sobre a luta contra o terrorismo, embora pondere não ter "queixas" desde que Asif Ali Zardari -que visitou o Afeganistão na semana passada- chegou à Presidência paquistanesa.

No âmbito econômico, o primeiro-ministro da Índia garantiu a Karzai a entrega imediato de 250 mil toneladas de trigo para atenuar a crise alimentícia que vive o Afeganistão.

Singh insistiu na participação do setor público indiano na construção de infra-estrutura no Afeganistão, citando a finalizada estrada que une duas cidades do sudoeste afegão e uma rede elétrica no norte do país, que ainda deve ser acabada.

Até agora, o Governo indiano destinou US$ 1,2 bilhões à reconstrução do Afeganistão.

Durante sua visita, Karzai também deve reunir-se com o ministro indiano de Relações Exteriores, Pranab Mukherjee, segundo um comunicado governamental. EFE amp/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG