Nova Délhi, 24 jul (EFE).- A Índia planeja criar áreas de isolamento para as pessoas infectadas pelo vírus da gripe suína, com o objetivo de frear sua propagação no país, informou hoje uma fonte do Ministério da Saúde indiano.

"O Governo delineou planos para criar em breve áreas de isolamento. Já foi feito durante a gripe aviária e a população infectada estará, em breve, em situações similares", disse a fonte ministerial, citada pela agência indiana "Ians".

A medida prevê que as pessoas infectadas permaneçam confinadas em áreas especiais de isolamento e se restringirá qualquer movimento em um raio de três quilômetros.

"As pessoas não serão enviadas a pavilhões de isolamento de hospitais. Toda a área estará em quarentena e as pessoas que morarem nela - tenha recebido positivo ou não para o vírus - receberá tratamento", disse a fonte do Ministério da Saúde.

Até o momento, a Índia detectou 371 casos da gripe, e 29 deles foram descobertos ontem, informou a agência indiana.

O Governo realizará exames em grupos humanos suspeitos - estudantes, viajantes - de estar com a gripe e declarará a zona na qual estão em quarentena se entre 55% e 60% dos casos analisados der positivo.

"Levando em conta a situação atual da pandemia no mundo e sua expansão, a Índia só pode esperar um grande aumento do número de casos infectados", acrescentou a fonte.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE sp/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.