Índia anuncia controle a passageiros diante da gripe suína

Nova Délhi, 27 abr (EFE).- A Índia fará revisões médicas nos passageiros provenientes dos países afetados pela gripe suína, informou hoje o Governo, que desaconselhou seus cidadãos a viajar aos países atingidos.

EFE |

Em comunicado, o Ministério da Saúde informou sobre as medidas preventivas adotadas para evitar que a doença chegue à Índia, "que incluem a vigilância em portos e aeroportos internacionais", assim como o pedido àqueles que planejavam viajar a países afetados que "adiem qualquer viagem não essencial".

Em entrevista coletiva divulgada pelas agências indianas, o diretor-geral do Conselho Indiano de Pesquisa Médica, V. N. Katoch, disse que os visitantes que chegarem dos países afetados serão submetidos a revisões médicas.

Precisou que os países de origem são México, onde foi detectado o primeiro foco, assim como Espanha, EUA, Canadá, França, Reino Unido e Nova Zelândia.

Segundo Katoch, uma equipe de médicos trabalhará dia e noite em nove aeroportos internacionais indianos, entre eles os de Délhi e Mumbai.

Além disso, o Ministério da Saúde reunirá informação daqueles passageiros que chegaram à Índia nos últimos dez dias, aos quais recomendará que vão a um centro sanitário. EFE ja/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG