agilizar processo de reforma política - Mundo - iG" /

Índia adverte que Mianmar deve agilizar processo de reforma política

Nova Délhi, 11 ago (EFE).- O Governo indiano lembrou hoje ao regime birmanês a necessidade de agilizar seu processo de reforma política, após a condenação imposta à líder do movimento democrata birmanês, Aung San Suu Kyi, por violar a prisão domiciliar.

EFE |

Em comunicado, o Ministério de Assuntos Exteriores indiano disse que "tomou nota dos passos dados até o momento pelo Governo de Mianmar" rumo a este processo de reforma, mas advertiu, por causa da sentença, que este "deve ter uma base ampla e incluir os diversos grupos étnicos" do país.

"Neste contexto, o assunto da libertação de presos políticos receberá sem dúvida a devida atenção" da Chancelaria indiana, afirmou o ministério, que evitou criticar abertamente a condenação.

A Nobel da Paz foi condenada hoje a três anos de trabalhos forçados por um tribunal especial, mas a Junta Militar presidida pelo general Than Shwe comutou a pena por outros 18 meses de prisão domiciliar.

A Índia, que tem interesses econômicos e políticos no país vizinho, se mostra cautelosa ao fazer pronunciamentos públicos sobre a situação em Mianmar e se opôs antes a impor sanções contra o regime. EFE amp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG