Cabul, 5 fev (EFE).- Pelo menos sete civis morreram atingidos por tiros da Polícia afegã na fronteira com o Paquistão, informou hoje uma fonte citada pela agência afegã AIP.

O episódio aconteceu na noite de ontem, em um posto de controle na província de Kandahar, segundo o chefe da Polícia de Fronteira na região, o general Abdur Raziq.

Raziq afirmou que, assim que caso foi notificado, o chefe do posto de controle e seis de seus subordinados foram detidos.

O oficial também disse que os mortos eram todos afegãos. Mas fontes oficiais paquistanesas confirmaram à emissora "Dawn TV" que as autoridades afegãs entregaram os corpos de sete pessoas às suas famílias em Chaman, na parte paquistanesa da fronteira comum.

Segundo essa versão, o tiroteio foi resultado das disputas entre duas tribos que vivem em ambos os lados da fronteira.

No passado, 2.412 civis perderam a vida por causa do conflito armado no Afeganistão, número 14% maior que o de 2008, de acordo com a missão da ONU no Afeganistão (Unama) EFE lo/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.