Um homem que tentou acender um explosivo a bordo de um avião, durante o pouso, em Detroit, disse à polícia que era ligado à rede islamita Al-Qaeda, informou a imprensa americana nesta sexta-feira.

A tripulação da aeronave da Northwest Airlines que fazia a rota Amsterdã-Detroit conseguiu controlar o passageiro, anunciou a companhia Delta Airlines, proprietária da Northwest.

O Airbus A330, com 278 passageiros a bordo, pôde aterrissar sem problemas em Detroit.

sah/ch/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.