Incenso vira arma para salvar casamentos no Senegal

As mulheres senegalesas estão recorrendo a uma velha arma para manter seus casamentos em um período em que crescem os índices de divórcios no Senegal e, especialmente, na capital, Dakar. A arma é um incenso extraído da casca de árvores locais e conhecido como thourayye (pronuncia-se tchurai).

BBC Brasil |

Segundo a crença popular no país, o perfume deste incenso tradicional tem o poder de afastar espíritos ruins.

Agora, as mulheres senegalesas estão usando o incenso também como solução para seus problemas conjugais.

Sanou Ba, casada há três anos, disse que usa thourayye, e que seu marido adora o perfume.

"Existem tipos diferentes de thourayye e um dos meus segredos é usar um mesmo tipo por um longo período, para que meu marido se acostume com aquele aroma em particular", diz Sanou Ba.

"Dessa forma, quando ele estiver fora e sentir o mesmo cheiro em algum lugar, vai pensar em mim."
Ritual
A queima do thourayye é parte da rotina em muitos lares em Dakar.

Ao cair da noite, as mulheres são vistas queimando carvão em potes de argila especiais.

O carvão queimado é coberto com cinza branca, que é aquecida pelo carvão.

O thourayye é então colocado sobre a cinza branca que, por sua vez, queima o incenso, e a fumaça resultante perfuma o ambiente.

A importância deste incenso na cultura senegalesa pode ser avaliada por sua presença no cancioneiro popular, e muitas das grandes compositoras do país dedicaram canções ao thourayye.

Entre elas está Fatou Laobae, que além de cantar o incenso em suas músicas, também fundou o Centro Thourayye de Aconselhamento para Casais.

O centro funciona no apartamento da cantora.

Ao chegar, o visitante é saudado pelo aroma do incenso.

Entre outros objetos à disposição, estão colares de contas que as senegalesas usam como cintos à noite.

Na penumbra, as contas brilham e fazem um ruído atraente e sugestivo.

Fazendo piada, os homens senegaleses apelidaram os cintos de "armas de destruição noturna".

Poder afrodisíaco
A fundadora do centro, Fatou Laobae, diz que quando se trata de manter um bom casamento, tanto o homem quanto a mulher têm seus papéis.

"O thourayye tem muita importância nisso, mas o grande segredo para nós, mulheres, é que mesmo que seu marido seja fraco, no momento em que você coloca o incenso, o perfume faz crescer nele a paixão por você", explicou.

"Sempre que você sente o aroma do thourayye, sua mente vai direto para a pessoa que você mais ama", disse Fatou Laobae. "O thourayye fortalece o amor".

A estratégia das mulheres senegalesas para estabilizar seu casamento é simples: manter o homem feliz em casa para que ele não tenha vontade de sair e, possivelmente, cair na tentação.

Samory Gassama está casado há cinco anos e tem dois filhos. Ele disse que, no caso dele, a tática está funcionando.

"Parece que nossas mulheres estão ficando cada vez mais inventivas para manter seus casamentos", disse Gassama.

"Por exemplo, quando está frio, minha mulher esfrega thourayye em todo o seu corpo. O perfume enche o quarto e me faz dormir profundamente. Eu acordo bem depois da hora habitual", acrescentou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG