Incêndios na Grécia estão sob controle, mas governo é criticado

ATENAS - Os incêndios que atingiram os arredores de Atenas e obrigaram milhares de pessoas a deixar suas casas foram colocados sob controle nesta terça-feira, mas o governo virou alvo de críticas pela forma como reagiu ao desastre.

Redação com agências internacionais |

Com uma eleição pela frente no ano que vem, o governo conservador defendeu-se alegando que ventos muito fortes agravaram as dificuldades no combate aos incêndios, que destruíram florestas e mais de 150 casas.


Padres ortodoxos observam região queimada na Grécia / Reuters

A imprensa local lembrou que as autoridades cometeram os mesmos erros em 2007, quando incêndios mataram 65 pessoas, principalmente na península do Peloponeso.

Os incêndios desta vez começaram na sexta-feira no vilarejo de Grammatiko, cerca de 40 km a nordeste de Atenas, e se espalharam rapidamente.

Em toda a Grécia, segundo satélites da União Europeia (UE), desde o começo do verão foram queimados 31 mil hectares, 20 mil consumidos apenas pelos grandes incêndios surgidos no sábado.


Fogo atingiu região de Atenas / AP

Leia mais sobre incêndios na Grécia

    Leia tudo sobre: gréciaincêndio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG