Incêndios na Califórnia deixam ao menos 10 feridos

Los Angeles (EUA.), 7 mai (EFE).

EFE |

- Dez feridos, dezenas de casas queimadas e mais de 13 mil evacuados é o balanço provisório de um incêndio declarado na terça-feira em Santa Barbara, ao sul da Califórnia, nos Estados Unidos, que continua hoje sem controle e que já destruiu mais de 600 hectares.

Os fortes ventos registrados na tarde de quarta-feira e as altas temperaturas intensificaram as chamas em uma zona de mato de difícil acesso, o que atrapalhou as tarefas de extinção e forçou as equipes de combate a se retirar para zonas seguras.

Cerca de dez bombeiros ficaram feridos de diversa gravidade, e três precisaram ser transferidos à unidade de queimados do hospital de Sherman Oaks, em Los Angeles, com queimaduras de segundo e terceiro grau.

A previsão meteorológica para as próximas horas indica uma situação similar à observada nesta quarta em Santa Barbara, onde novamente são esperadas rajadas de vento superiores a 80 km/h e temperaturas próximas aos 40 graus Celsius.

Um panorama "muito perigoso", nas palavras do capitão de bombeiros de Santa Barbara, David Sadecki, que explicou que as condições não permitiam estabelecer linhas de contenção do fogo.

Cerca de 1.400 bombeiros trabalham no combate às chamas, apoiados por unidades aéreas.

Na quarta, o governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, declarou estado de emergência para a zona afetada pelo fogo, uma área de montanha baixa e vegetação com várias mansões.

As autoridades não descartam que o incêndio ganhe mais força, e estão preparadas para emitir uma nova ordem de evacuação que afetaria outras 13 mil pessoas.

Schwarzenegger calculou hoje que dezenas de casas teriam sido destruídas, embora a densa fumaça e a distribuição dos imóveis tenham impedido especificar o número exato de estruturas afetadas.

Até o momento, 5.400 imóveis tiveram que ser desalojados. EFE fmx/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG