Incêndios na Califórnia: 800 casas destruídas e 50.000 evacuados

Os incêndios que afetam a Califórnia pelo quinto dia consecutivo já destruíram 800 casas e forçaram a fuga de 50.000 pessoas, enquanto os investigadores começam a avaliar as conseqüências do fogo.

AFP |

Um total de 800 residências - desde mansões milionárias a modestas casas pré-fabricadas - viraram cinzas em uma série de incêndios que, propagados pelos ventos, teve início na quinta-feira.

Já foram emitidas pelo menos 50.000 ordens de evacuação e mais de 14.400 hectares foram queimados pelas chamas, que vão desde Santa Barbara até o sudeste de Los Angeles.

As autoridades descreveram um incêndio em Sylmar como o mais potente registrado na cidade em quase meio século, mas até o momento apenas 11 pessoas ficaram feridas em toda a região.

Equipes de busca e resgate revistaram no domingo uma área de trailers deste subúrbio ao norte de Los Angeles, onde pelo menos 500 unidades de casas móveis viraram cinzas. A polícia não encontrou vítimas no local.

"No momento, não temos pessoas desaparecidas nem nenhuma evidência que indique que houve perda de vidas", anunciou o chefe adjunto de polícia de Los Angeles, Michael Moore.

Os bombeiros anunciaram no domingo que haviam controlado 30% das chamas em Sylmar.

O incêndio teve início quando os bombeiros ainda lutavam para controlar as chamas na exclusiva localidade de Montecito, refúgio de celebridades 160 km ao norte de Los Angeles.

Além disso, 9.600 hectares perto das cidades de Yorba Linda e Corona, ao sudeste da cidade, também estão em chamas.

O governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, que declarou estado de emergência nas áreas afetadas, disse em uma entrevista coletiva que as autoridades enfrentan uma "tempestade perfeita".

"Temos a tempestade perfeita, o que significa que temos ventos fortes, altas temperaturas e muita, muita seca", disse Schwarzenegger.

No total, 3.700 bombeiros, com o auxílio de helicópteros e veículos, lutam contra o fogo em todo o estado.

rcw/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG