Incêndios na Austrália deixaram 200 mortos

MELBOURNE - Duzentas pessoas morreram nos incêndios que devastam desde o início de fevereiro o sudeste da Austrália, os mais graves da história do país, anunciou a polícia. Um balanço anterior registrava 189 mortos.

Redação com agências internacionais |


As chamas também destruíram 2 mil casas e queimaram 450.000 hectares.

Nesta terça-feira, mais de 15 dias depois do início dos incêndios, os bombeiros continuam lutando contra seis focos no estado de Victoria, que estão parcialmente controlados.


Bombeiro combate incêndio na Austrália / Reuters

As previsões meteorológicas para esta terça-feira são estáveis, disseram os bombeiros, e ajudarão a construir mais linhas de contenção, mas a floresta continua muito seca e é fácil que as chamas ressurjam.

No total, quatro mil bombeiros, além de voluntários, combatem as chamas com o apoio de caminhões, aviões-tanque e maquinaria pesada.

Leia mais sobre: incêndios na Austrália

* Com AFP e EFE

    Leia tudo sobre: austrália

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG