Incêndios na Argentina deixam 1 morto e 300 desalojados

Buenos Aires, 28 ago (EFE).- Os incêndios florestais que atingem a província de Córdoba, no centro da Argentina, tirou a vida de um homem hoje e fez com que 300 pessoas fossem retiradas de suas casa, informaram fontes oficiais.

EFE |

A vítima fatal tinha 40 anos, estava a cargo de um estabelecimento rural próximo à cidade de Río Cuarto e faleceu após inalar fumaça enquanto tentava apagar as chamas, que também se propagam pela província vizinha de San Luis.

As altas temperaturas registradas na região, a baixa umidade e os fortes ventos propiciaram a proliferação dos incêndios e, por isso, as autoridades de Córdoba alertaram que o risco de novos focos é "extremo".

Em San Luis, as chamas avançaram até uma zona industrial situada nos arredores da capital da província, a cerca de 800 quilômetros ao norte de Buenos Aires, onde cinco equipes de bombeiros combatem o fogo.

Segundo cálculos oficiais, até agora, mais de 35 mil hectares de floresta foram destruídos em todo o território da região de Córdoba e outros 80 mil em San Luis, onde, nas últimas semanas, três pessoas morreram nos incêndios, duas delas bombeiros. EFE hd/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG