Incêndio no Parlamento do Egito deixa pelo menos cinco feridos

CAIRO - Um grande incêndio nos andares superiores de um dos prédios do Parlamento do Egito deixou pelo menos cinco feridos nesta terça-feira, segundo um balanço provisório, e teme-se que as chamas possam se estender por todo o complexo.

EFE |

A televisão egípcia disse que os cinco feridos, com sintomas de asfixia, foram transferidos de urgência a hospitais do Cairo. Muitas ambulâncias que chegaram ao lugar continuam perto do prédio do Parlamento à espera de possíveis novas vítimas.


Incêndio deixou ao menos 5 pessoas com sintomas de asfixia / AP

O fogo começou às 17h50 (11h50 em Brasília) na sede do Conselho Consultivo do Parlamento, mas não se sabe o que gerou o incêndio. O expediente já havia terminado e havia poucas pessoas no prédio.

Várias equipes de bombeiros trabalhavam intensamente para apagar o fogo, que continua aumentando duas horas depois.

Nas tentativas de controlar as chamas, helicópteros das Forças Armadas retiram água do rio Nilo, situado a apenas 200 metros da sede do Parlamento.

Uma pessoa que estava dentro do edifício se agarrava à tubulação do lado de fora do prédio para poder escapar das labaredas.

O complexo legislativo fica localizado no centro do Cairo, onde também há vários ministérios. O Parlamento é formado por dois edifícios antigos e com muita madeira, o que facilitou as chamas a se espalharem.

A intensidade do fogo pode fazer ruir o prédio do Conselho Consultivo. O calor é muito forte em toda a área da cidade em torno do Parlamento, e a televisão egípcia teme que o vento espalhe as chamas para os prédios vizinhos.

Os bombeiros começaram os trabalhos quase uma hora depois de as chamas tomarem conta do prédio, concentrando-se inicialmente nos muros exteriores, mas sem chegar aos andares superiores.

A intensa coluna de fumaça gerada pelo incêndio podia ser vista a vários quilômetros de distância da sede do Parlamento.

A área foi isolada pela polícia, que impede a passagem de milhares de pessoas que se aglomeram no local. O trânsito no centro do Cairo está colapsado.

Leia mais sobre incêndio

    Leia tudo sobre: egito

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG