Johanesburgo, 3 mai (EFE).- Oito pessoas, a maioria crianças, morreram esta madrugada em um incêndio supostamente provocado em uma casa da localidade de Giyani, no norte da África do Sul, informou a agência local Sapa.

Segundo a Polícia da província de Limpopo, no extremo norte do país, os mortos são uma mulher de 44 anos, seus cinco filhos e dois sobrinhos, de idades entre 5 e 18 anos.

Quando o fogo começou, aparentemente por volta da meia-noite, as vítimas estavam dormindo na casa e morreram carbonizados, explicou a Polícia.

O incêndio, segundo os indícios, foi provocado com gasolina, disse a Polícia, mas precisou que não houve detenções e que se desconhecem os eventuais motivos. EFE cho/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.