Incêndio força 10 mil pessoas a deixar cidade da Califórnia

SAN FRANCISCO (Reuters) - Autoridades ordenaram que mais de 10 mil moradores de Paradise, na Califórnia, deixassem suas casas na quarta-feira no momento em que um insistente incêndio em áreas selvagens ameaçava ultrapassar um rio e se espalhar por uma cidade onde chamas destruíram 74 casas em junho. Uma mensagem no site de Paradise pedia rápido esvaziamento da localidade: Os cidadãos precisam imediatamente sair e reunir pertences pessoais que caibam nos seus veículos.

Reuters |

O chamado incêndio Butte Lightning Complex perto de Paradise, 138 quilômetros ao norte de Sacramento, é um dos mais de 300 incêndios na mata em todo o Estado da Califórnia, depois de tempestades com relâmpagos afetarem a região e gerarem fogo em áreas selvagens, queimando árvores e ossos de animais.

O incêndio Butte queimou 19.829 hectares desde que começou em 21 de junho, destruiu pelo menos 50 estruturas, incluindo 40 moradias, e agora ameaça cerca de 3.800 residências, de acordo com a agência de combate a incêndios Cal Fire.

Quase 2.800 membros de equipes de combate ao incêndio contiveram cerca de 40 por cento do incêndio Butte.

Funcionários dos bombeiros ordenaram que os moradores de Paradise saíssem caso os ventos erráticos na região levassem as chamas para a cidade de 26 mil pessoas.

(Reportagem de Jim Christie)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG