Incêndio florestal no centro da Argentina deixa 3 mortos

Buenos Aires, 14 ago (EFE).- Três pessoas morreram no centro da Argentina devido a um incêndio florestal que afeta há vários dias as províncias de San Luis e Córdoba, informaram hoje fontes policiais.

EFE |

A vítima mais recente é uma mulher de 35 anos, que morreu na quinta-feira após ser retirada por brigadas de resgate de uma fazenda na localidade de Villa del Carmen, em San Luis, afirmou a Polícia.

Os outros dois mortos são bombeiros que combatiam as chamas nas serras, disseram os informantes, antes de explicar que até agora mais de 30 mil hectares foram devastados pelo fogo e centenas de pessoas foram evacuadas em San Luis.

A Polícia desse distrito, situado 800 quilômetros ao noroeste de Buenos Aires, deteve na quinta-feira à noite um homem suspeito de ter provocado intencionalmente o incêndio, considerado "o maior da história" pelo governador provincial, Alberto Rodríguez Saá.

Em Córdoba as autoridades informaram que a situação mais preocupante foi registrada na localidade de Las Albahacas, ao sudeste da capital provincial, enquanto outros focos já foram controlados.

Nessa província do centro da Argentina três bombeiros que combatiam o fogo foram hospitalizados, um deles com queimaduras graves. EFE cw/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG