Incêndio florestal mata bombeiros no Chile

Presidente do país confirmou a morte de seis bombeiros no município de Carahue e afirma que incêndio é fruto de ato criminoso

iG São Paulo |

O presidente do Chile, Sebástian Piñera, confirmou nesta quinta-feira, que seis bombeiros morreram nesta tarde en decorrência do incêndio florestal que atinge parte do município de Carahue, a 700 km ao sul de Santiago. Ele denunciou que os focos de incêndio são frutos de um ato criminoso.

"Temos informação confiável que nos faz presumir que por trás desses incêndios houve uma intencionalidade criminosa", disse o governante em entrevista coletiva no Palácio de La Mondeda. "Devemos combater não só os incêndios, mas também os criminosos que, supostamente, estão por trás dele."

De acordo com o jornal chileno La Tercera, o presidente mandou suas condolências às famílias das vítimas e detalhou o esforço que o governo realiza para reforçar a luta contra os incêndios florestais e perseguir os eventuais responsáveis.

Além das seis vítimas mortais, segundo Piñera, outros quatro trabalhadores seguem desaparecidos e outros dois estão feridos. Não se sabe ainda a idade dos brigadistas mortos na tragédia, que, segundo o governador da província de Cautín, Miguel Mellado, "estavam combatendo o fogo em uma ladeira".

Os bombeiros trabalhavam para a empresa florestal Mininco, do grupo CMPC, para combater o incêndio que atinge terras da empresa.

Leia também:
- Bombeiros combatem cerca de 20 focos de incêndio florestal no Chile
- Incêndio no Chile provoca morte e arrasa milhares de hectares
- Justiça chilena processa homem acusado de incêndio na Patagônia

Um grande incêndio afeta a vizinha região de Biobío, 500 km ao sul de Santiago, e já destruiu 25 mil hectares de bosques, além de matar um morador da vila de Quillón, que demorou a deixar sua residência. Outro incêndio atinge o Parque Nacional Torres del Paine, na Patagônia chilena, 3 mil km ao sul de Santiago.

Com AFP e EFE

    Leia tudo sobre: chileincêndiobio biopatagôniafogo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG