Incêndio florestal aproxima-se de laboratório de armas nucleares nos EUA

Fogo chegou a 1,6 km do Laboratório Nacional de Los Alamos, que garante a segurança do estoque nuclear americano

Reuters |

Um incêndio florestal chegou a 1,6 quilômetro de distância de uma importante instalação de armas nucleares americana, o Laboratório Nacional de Los Alamos, disseram autoridades. O Laboratório Nacional de Los Alamos, que garante a segurança e a confiabilidade do estoque nuclear dos Estados Unidos, foi fechado nesta segunda-feira em razão do incêndio.

AP
Incêndio florestal atinge colinas perto do Laboratório Nacional de Los Alamos, no Novo México (26/06/2011)
As autoridades montaram um centro de operações emergencial e colocaram equipes de emergência ao redor do laboratório para proteger as instalações e os materiais importantes, disse o porta-voz do Laboratório de Los Alamos, Kevin Roark.

Entre as áreas protegidas estão todas as instalações perigosas e radioativas e o acelerador de prótons e os centros de supercomputação, disse Roark. "Não sairemos daqui enquanto pairar dúvida sobre o laboratório", disse Roark.

O fogo avançou para uma área de 58.111 hectares e provocou a retirada de centenas de pessoas da região. Milhares foram estimuladas a deixar suas casas voluntariamente, afirmaram as autoridades.

O incêndio de Las Conchas, que começou na tarde de domingo, continua a provocar novas chamas a 0,8 quilômetro à frente da linha principal do fogo, disse Lawrence Lujan, porta-voz da Floresta Nacional de Santa Fé. O incêndio chegou a uma milha do limite sudoeste do laboratório, disse Lujan.

    Leia tudo sobre: MUNDOEUAINCENDIONUCLEAR

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG