DHAKA - Ao menos sete pessoas morreram e 50 ficaram feridas em um incêndio no maior shopping de Bangladesh, nesta sexta-feira, de acordo com a polícia e testemunhas. O fogo inicialmente atingiu os andares superiores do complexo e se alastrou rapidamente para outros andares. As forças de segurança levaram quase 10 horas para controlar as chamas.

Reuters
Maior shopping de Bangladesh possui mais de duas mil lojas

Maior shopping de Bangladesh possui mais de duas mil lojas

O incêndio começou no 18 o andar do shopping, que tem 22 andares. O fogo se espalhou pelo edifício apesar dos esforços do Corpo de Bombeiros, que enviou 15 carros ao local.

De acordo com uma testemunha, uma densa fumaça saiu do prédio e as chamas puderam ser vistas nos andares superiores. Helicópteros do Exército conseguiram resgatar pessoas do topo do prédio.

A polícia disse a repórteres que todos os sete mortos eram funcionários do shopping, um da brigada de incêndio e seis seguranças.

"O bombeiro morreu no hospital em que estava sendo tratado com graves queimaduras", disse um policial. Também há dezenas de feridos sendo medicados em hospitais, segundo médicos e testemunhas.

O incêndio gerou dúvidas sobre a eficiência de bombeiros e se grandes prédios seguem medidas de segurança obrigatórias, disse Tanzim Ahmed Sohel Taj, secretário para assuntos internos.

"Analisaremos essas questões logo após lidarmos com esse desastre", acrescentou.

O escritório da empresa proprietária do shopping, Bashundara, ficava no andar onde o fogo começou. Normalmente, o gabinete ficava fechado às sextas-feiras, que é parte do fim de semana em Bangladesh.

O shopping, inaugurado em 2004, tem mais de duas mil lojas e restaurantes. Não se sabe quantas pessoas estavam dentro do local quando o incêndio começou e as causas da tragédia ainda são desconhecidas.

(Com informações da AP e da Reuters)

Leia mais sobre incêndio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.