Incêndio em presídio do Chile deixa ao menos 81 mortos

Segundo a TV chilena, pelo menos 14 ficaram feridos por fogo na capital, Santiago

iG São Paulo |

Um incêndio no presídio de San Miguel na capital do Chile, Santiago, deixou ao menos 81 mortos e 14 feridos na manhã desta quarta-feira, informou a TV chilena, citando fontes na prisão.

AFP
Imagem de TV mostra incêndio na prisão de San Miguel, em Santiago do Chile
"No momento temos 81 internos mortos. Não temos a identidade deles porque ainda estamos trabalhando", disse o coronel da polícia penitenciária Jaime Concha. "Os 14 (feridos) estão em risco e foram transferidos para diferentes centros médicos na região metropolitana", disse o ministro da Saúde do Chile, Jaime Mañalich.

Imagens de TV mostraram as chamas tomando conta do presídio de San Miguel e fumaça negra emergindo do edifício. A causa do incêndio não está clara.

Segundo informações preliminares, o incêndio começou às 5h após uma briga em uma das galerias da penitenciária, que tem 2,9 mil detentos. As mortes foram provocadas em sua maioria por asfixia.

Dezenas de parentes se reuniram do lado de fora da prisão, que fica na zona centro-sul de Santiago e procuravam informações sobre a tragédia em meio ao desespero.

Com Reuters e AFP

    Leia tudo sobre: chileincêndiofogopresídio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG