Washington, 30 jan (EFE).- Um incêndio hoje em um prédio em Nova York onde viviam sobretudo imigrantes guatemaltecos matou pelo menos cinco pessoas.

O fogo, contido por mais de 100 bombeiros, atingiu os moradores do segundo e terceiro andares e provocou o desmoronamento das paredes internas do prédio, situado no bairro do Brooklyn.

Juan Gabriel, de 18 anos, contou ao diário "The New York Times" que uma das moradoras jogou um bebê pela janela na tentativa de salvá-lo. Segundo ele, a criança, de apenas 2 meses, bateu com a cabeça no chão e não se sabe se sobreviveu.

Uma criança de 2 anos, filha da mesma mulher, conseguiu se salvar ao cair sobre o toldo de uma loja na parte baixa do edifício.

Durante o combate ao fogo, que começou na madrugada e foi extinto apenas de manhã, 13 bombeiros e outros três moradores ficaram feridos. EFE tb/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.