Incêndio em ponte ferroviária em NY suspende serviço de trens

Com fogo sobre estrutura que liga Harlem a Manhatan, trens foram impedidos de chegar à Grand Central

iG São Paulo |

Um incêndio na base de uma ponte ferroviária que une o Harlem a Manhattan, em Nova York, provocou nesta segunda-feira o corte de todos os serviços de trens que chegam à estação Grand Central. As imagens divulgadas pela imprensa local mostravam uma espessa nuvem de fumaça preta que saía de uma plataforma de madeira sobre a água.

De acordo com a rede de TV CNN, o Departamento de Bombeiros de Nova York disse que o fogo começou pouco antes do meio-dia e foi contido por volta das 13h (horário local). Cerca de 60 bombeiros participaram da operação. Não houve feridos.

A origem do incêndio ainda é desconhecida e as autoridades averiguam suas possíveis causas. A hipótese de ataque proposital foi descartada, apesar de nesta segunda-feira ter começado em Nova York a Cúpula sobre as Metas de Desenvolvimento do Milênio da Organização das Nações Unidas. Para a reunião foram convocados representantes de 192 países, entre eles 140 chefes de Estado e de governo com suas respectivas delegações, o que faz com que a cidade se encontre em alerta máximo.

O incêndio, que aconteceu na altura da rua 138, começou na base de madeira localizada sobre a água do rio que circula entre Manhattan e o Harlem. Essa plataforma ajuda a evitar choques das embarcações contra os pilares da ponte.

A ponte serve unicamente para o tráfego ferroviário e permite a entrada de trens do norte do Estado de Nova York até o coração de Manhattan.

A circulação de trens da movimentada estação foi interrompida. Serviços de ônibus alternativos foram disponibilizados.

*Com EFE

    Leia tudo sobre: nova yorkincêndiopontemetrôtremtransporte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG