Incêndio em navio grego deixa um morto e dois feridos; nove pessoas estão desaparecidas

CARACAS - Uma autoridade venezuelana informou nesta sexta-feira que um tripulante morreu, dois ficaram feridos e nove estão desaparecidos após um incêndio em um navio de carga grego que viajava do Brasil a Houston, nos Estado Unidos, próximo a uma ilha caribenha da costa venezuelana.

Reuters |

O comandante nacional do órgão de resgate marítimo da Venezuela, Rafael Lugo, afirmou que o navio grego "Aegean Wind" estava a 35 milhas náuticas a noroeste da ilha de La Blanquilla. "Há nove desaparecidos, dois feridos e já sabemos que um morreu", disse ele em comentários transmitidos pela Union Rádio, de Caracas.

Em Atenas, um oficial da guarda costeira grega informou que a operação de resgate envolvia um helicóptero, um hidroavião e um navio da guarda costeira venezuelana, que tentam localizar os desaparecidos, com a ajuda de outro navio cargueiro que navegava próximo ao navio grego.

"O incêndio está sob controle, não há perigo de o navio afundar. Há uma operação de resgate em andamento", disse. "Dos tripulantes desaparecidos, três são gregos e os demais são filipinos", acrescentou.

O navio carregava minério de ferro e sua operadora era a Atlantic Bulk Carriers, com sede em Atenas. Um advogado da companhia afirmou na TV estatal grega que não houve contaminação. O navio, construído em 1983, contava com uma tripulação de 24 pessoas.

As autoridades não sabiam se os tripulantes desaparecidos haviam pulado no mar ou se estavam presos em suas cabines.

Leia mais sobre navios

    Leia tudo sobre: navio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG