Ancara - Oito pacientes da unidade de terapia intensiva de um hospital de Bursa, no oeste da Turquia, morreram em um incêndio declarado no centro médico.

A imprensa turca informara que o acidente começou na unidade de tomografia, situada no porão, por volta das 2h30 locais (20h30 de segunda-feira em Brasília).

Os bombeiros conseguiram extinguir rapidamente as chamas, mas a fumaça atingiu a terapia intensiva através dos tubos da fiação elétrica.

O pessoal do centro médico tentou evacuar os 16 pacientes que ocupavam nesse momento a unidade de atendimento especial, e para isso tiveram de desconectar os aparelhos que os mantinha com vida.

Ainda não foi esclarecido se as mortes aconteceram por causa de intoxicação ou pelo estresse provocado pela rápida mudança.

Dois dos pacientes estão em situação crítica. No total, foram evacuadas 44 pessoas.

O ministro da Saúde turco, Recep Akdag, foi a Bursa para investigar o fato e indicou à imprensa que ainda é cedo para conhecer as causas exatas do acidente.

Leia mais sobre: incêndio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.