Incêndio em favela mata ao menos 40 no sul do Paquistão

KARACHI - Um incêndio em uma favela da cidade paquistanesa de Karachi matou 40 pessoas na sexta-feira, incluindo 20 crianças, disseram autoridades e testemunhas. O incêndio começou cerca de 1h (18h no horário de Brasília) e rapidamente tomou conta de cerca de 40 barracos erguidos em uma área cercada por muros em uma vizinhança apinhada da cidade.

Redação com agências internacionais |

"Estávamos dormindo quando o fogo começou. Ele se espalhou por toda a área", disse o morador Maqsood Ahmed, que perdeu três familiares no incêndio.

Várias equipes de resgate e 12 caminhões do Corpo de Bombeiros seguiram para o local, de onde dezenas de pessoas feridas foram levadas para o hospital, informou canal a emissora "Geo TV".


Moradores analisam o estrago causado pelo incêndio / EFE

Após várias horas lutando contra as chamas, os bombeiros conseguiram controlar o incêndio. Porém, conseguiram evitar que o fogo destruísse pelo menos 20 barracos de madeira.

As causas do incêndio ainda não foram determinadas.

O ministro provincial de Saúde, Sageer Ahmed, disse que o incêndio pode ter começado porque alguns moradores fizeram uma fogueira do lado de fora de um barraco, a fim de manter-se aquecidos em uma noite fria.

O Governo da região de Sindh, cuja capital é Karachi, disse que vai custear os funerais das vítimas. Uma investigação já foi aberta para determinar as causas da tragédia.

Leia mais sobre: incêndios

    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG