Incêndio em discoteca deixa pelo menos 13 mortos e 35 feridos em Quito

Quito, 19 abr (EFE).- Pelo menos 13 pessoas morreram hoje e outras 35 ficaram feridas em um incêndio em uma discoteca no sul de Quito, mas, até o momento, não se sabe as causas do fogo, informou à Agência Efe uma fonte da Polícia.

EFE |

Os bombeiros informaram a princípio sobre "pelo menos dez mortos", mas a Polícia confirmou que já foram contabilizados 13 cadáveres, mas não descartaram que o número aumente, porque os organismos de socorro ainda estão na etapa de remoção de escombros.

A fonte da Polícia disse que os 35 feridos, cujo estado de saúde não foi detalhado, foram levados a quatro hospitais.

No entanto, foi declarada emergência em todos os hospitais da capital equatoriana. Isso aconteceu porque, segundo a fonte, o número de vítimas pode aumentar após a retirada dos escombros.

Uma fonte jornalística no local disse à Efe que há 14 corpos carbonizados, todos de a jovens que assistiam a um show de rock.

César Enríquez, do corpo de bombeiros e que está no local do incêndio, disse que o incidente ocorreu na discoteca Factory, onde havia cerca de 200 pessoas.

O fogo começou por volta das 16h30 (18h30 de Brasília) em uma discoteca que tinha estrutura de alumínio, e pode ter sido causado por um curto-circuito, disse Enríquez.

No entanto, versões da imprensa local afirmam que fogos de artifício lançados no final do show incendiaram tecidos que estavam no teto. EFE sm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG