Incêndio em casa noturna deixa 43 mortos na China

Por John Ruwitch SHENZHEN, China (Reuters) - Um incêndio em uma casa noturna ilegal no sul da China, próxima à fronteira com Hong Kong, deixou ao menos 43 pessoas mortas e outras 88 feridas.

Reuters |

O incêndio começou logo antes da meia-noite no clube 'Rei dos Dançarinos', e foi provocado por uma exibição de fogos de artifício no terceiro andar, informou a agência oficial de notícias Xinhua, citando a polícia local.

O proprietário do clube, localizado em uma zona de obras que se encontra a uma hora do centro de Shenzhen, foi interrogado pela polícia.

O salão principal encheu-se rapidamente com fumaça tóxica depois que a exibição tocou o teto e as luzes se apagaram pouco depois, o que provocou pânico entre os presentes, que tentaram fugir no escuro, disseram as testemunhas.

'O incêndio não era tão grande, mas havia muita fumaça', disse um homem de sobrenome Zhang, que disse ser funcionário da casa noturna.

'Todos íam em direção à saída principal, porque não sabiam que havia uma atrás (...) tentamos dizer isso a eles, mas ninguém escutava', acrescentou Zhang.

A mídia local e testemunhas disseram que a casa operava sem as licenças necessárias, mas funcionários locais não puderam confirmar a informação imediatamente.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG