Um incêndio num centro de acolhimento de anciãos da república de Komi (norte da Rússia) causou pelo menos 23 mortos, segundo dados preliminares comunicados à AFP por uma porta-voz da delegação local do ministério de Situações de Emergência.

"Segundo as primeiras informações, 23 pessoas conseguiram se salvar", declarou à AFP a porta-voz Liubov Terentieva, ouvida por telefone de Syktyvkar (capital da república de Komi).

O Corpo de bombeiros foi chamado às 18h20, hora local (15h20 GMT). Duas horas mais tarde, o fogo, que se estendia por superfície de mais de 1.000 metros quadrados, não havia sido dominado.

neo/mcd/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.