Havana, 8 abr (EFE).- A Guarda Florestal cubana controlou hoje um incêndio iniciado há quase uma semana e que queimou cerca de 10 mil hectares de uma importante reserva de coníferas na província de Camagüey, na região central da ilha.

O chefe da Guarda Florestal em Camagüey, José Ramón Guerra, informou que a operação continuará até amanhã com um rescaldo para verificar se o fogo foi mesmo totalmente apagado, de acordo com a "Agência de Informação Nacional".

O fogo começou na quinta-feira passada em uma área de pinheiros e eucaliptos no planalto de San Felipe, ao noroeste da capital dessa província.

Ainda se desconhecem as causas do acidente, mas os especialistas apontam as altas temperaturas, de até 30 graus, e as folhas secas, galhos e fragmentos de árvores deixados pelos furacões que castigaram a ilha no ano passado como "combustível propício" para alimentar as chamas.

Em Cuba, que tem um quarto de seu território coberto por matas, o período de maior perigo de incêndios florestais ocorre entre os meses de janeiro e maio. EFE rmo/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.