MADRI - Cerca de duas mil pessoas foram retiradas, nesta terça-feira, de suas casas, na cidade espanhola de Collado Mediano, próximo a Madri, devido a um incêndio.

Fontes municipais informaram à Agência Efe que as residências mais próximas ao fogo foram evacuadas e as causas do incêndio ainda são desconhecidas.

Os serviços de emergência confirmaram que mais de 200 pessoas tentam controlar o fogo, que atingiu uma região montanhosa complicada e onde os trabalhos são dificultados pelos ventos de até 25 km/h.

EFE

Militares da Unidade Militar de Emergência tentam controlar o incêndio

O Ministério do Interior espanhol enviou um helicóptero e dois hidraviões ao local do incêndio, que se juntaram aos oito aparelhos disponibilizados pelo governo regional de Madri, que trabalham no lugar desde que o fogo foi registrado.

Um funcionário da reserva florestal de 24 anos que sofreu um traumatismo craniano durante uma queda, foi atendido no centro de saúde móvel instalado pelos serviços de emergência e depois transferido em um helicóptero para um hospital.

A prefeitura de Collado Mediano disponibilizou um pavilhão esportivo caso seja necessário alojar os moradores evacuados durante a noite.

Representantes da organização "Ecologistas em Ação" expressaram seu temor pelo dano ambiental que o fogo poderia causar espalhado pelo vento, já que é uma região de "alto valor ecológico".

A cidade de Collado Mediano está localizada na Serra de Guadarrama, região considerada patrimônio natural.

Leia mais sobre incêndio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.