Incêndio atinge basílica da Sagrada Família, sem deixar feridos

Polícia prende suspeito de atear fogo em vestimentas de padres que estavam na sacristia, local mais danificado

iG São Paulo |

AFP
Bombeiros controlam incêndio na basílica da Sagrada Família, em Barcelona

Um incêndio danificou nesta terça-feira a sacristia da basílica da Sagrada Família, uma das principais atrações turísticas da cidade de Barcelona, na Espanha. Quatro trabalhadores receberam tratamento para leve intoxicação causada pela fumaça, mas o fogo não deixou feridos.

Segundo o presidente da fundação da Sagrada Família, Joan Rigol, o incêndio começou por volta das 10h45 no horário local (5h45 de Brasília), quando um homem "perturbado" ateou fogo em vestimentas que estavam na sacristia, local onde os padres se preparam para as missas.

O incêndio provocou grande quantidade de fumaça e a retirada de cerca de 1,5 mil pessoas que estavam na basílica. De acordo com o jornal espanhol "El País", o fogo foi completamente controlado após 45 minutos.

Rigol afirmou que o homem, que teria 55 anos, foi preso e é considerado suspeito. Ele tinha isqueiros nos bolsos e dizia "frases desconexas", segundo o presidente da fundação.

Os bombeiros afirmaram que o fogo causou grande destruição na sacristia e que a fumaça cobriu de cinzas outras áreas da basílica, que é uma obra inacabada do arquiteto catalão Antonio Gaudí. Os vitrais de Gaudí não foram afetados.

A basílica da Sagrada Família recebe cerca de 12 mil visitantes todos os dias.

AFP
Fumaça é vista saindo da basílica em Barcelona

Com AFP e EFE

    Leia tudo sobre: barcelonaespanhaincêndiofogosagrada família

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG