Inaugurado memorial em universidade para repórter da AFP morto nos anos 60

Um repórter da Agence France Presse (AFP), morto durante um confronto nos Estados Unidos pelos direitos civis, será recordado nesta sexta-feira na Universidade do Mississippi (sul), onde foi assassinado.

AFP |

Paul Guihard, de 30 anos, recebeu um tiro à queima-roupa pelas costas no dia 30 de setembro de 1962 quando cobria distúrbios causados pela tentativa de James Meredith de tornar-se o primeiro estudante negro a inscrever-se numa universidade americana.

A Sociedade de jornalistas profissionais da insitituição vai inaugurar um banco de dados, em memória de Guihard.

O repórter da AFP estava entre os dois mortos no campus de "Ole Miss", tema de uma canção composta em 1963 por Bob Dylan intitulada "Oxford Town".

ok/aic/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG