Inaugurado em Chernobyl centro de armazenamento de resíduos radioativos

O presidente da Ucrânia, Viktor Yushenko, inaugurou nesta quarta-feira um centro de armazenamento e tratamento de resíduos radioativos na zona contaminada da central nuclear de Chernobyl, às vésperas do 22º aniversário da catástrofe, anunciou a presidência.

AFP |

A primeira parte do centro, construído com a ajuda da Comissão Européia, entrará em funcionamento antes do final de 2008 e poderá acolher até 75.000 m3 de resíduos radioativos procedentes da central de Chernobyl e da zona adjacente, precisou à AFP Valentin Melnishenko, um dos responsáveis do projeto.

O conjunto do complexo, que deverá estar pronto num período de entre "cinco e dez anos", acolherá os resíduos das outras quatro centrais nucleares da Ucrânia, acrescentou.

Não há previsão do tratamento de resíduos vindos do exterior, assegurou Melnishenko, diretor da companhia ucraniana Technocentre, autora do projeto.

No dia 26 de abril de 1986, o reator número 4 da central de Chernobyl explodiu, contaminando a Ucrânia e boa parte da Europa, principalmente Bielo-Rússia e Rússia, então repúblicas da URSS.

Mais tarde, morreram mais de 25.000 operários que participaram do revestimento do reator com cimento, segundo estimativas oficiosas.

A central foi fechada em dezembro de 2000.

Nesta quarta-feira, o diretor de Chernobyl, Igor Gramotkin, anunciou a conclusão dos trabalhos de reforço do velho revestimento de cimento, que agora poderá resistir a um sismo de 6 graus na escala Richter, informou a Interfax.

ant/vl/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG