O partido que governa o Zimbábue e a oposição impugnaram no tribunal eleitoral os resultados das eleições legislativas de 29 de março em 50% dass circunscrições do país, informa a imprensa estatal.

A União Nacional Africana do Zimbábue-Frente Patriótica (Zanu-PF) do presidente Robert Mugabe impugnou os resultados em 53 das 210 circunscrições e o Movimiento para a Mudança Democrática (MDC), principal partido de oposição, em 52, segundo o jornal oficial The Herald.

O número de recursos levou as autoridades judiciais a nomear 17 magistrados adicionais no tribunal eleitoral.

fj/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.