Imprensa sérvia diz que captura de Ratko Mladic é iminente

Belgrado, 7 ago (EFE).- As autoridades da Sérvia intensificaram suas ações para capturar e extraditar para Haia antes do final do mês o acusado de crimes de guerra Ratko Mladic, afirma hoje o jornal sérvio Blic, que cita fontes próximas ao Governo.

EFE |

Por esta razão, acrescenta o jornal, foram adiadas as férias dos agentes que estão encarregados da procura do ex-militar servo-bósnio.

A fonte diz que as autoridades tentarão aproveitar a "temporada morta" de agosto, quando o Parlamento não funciona e há menos lugar para "manobras políticas" dos radicais e a organização de desordens ou distúrbios.

"Blic" destaca hoje que, por causa da possibilidade de uma iminente captura de Mladic, Belgrado pediu o adiamento da visita à capital sérvia do promotor-chefe do Tribunal Penal Internacional para a Antiga Iugoslávia (TPII), Serge Brammertz, do início deste mês para setembro.

Caso Brammertz visite Belgrado em setembro após a entrega do ex-presidente da República Sérvia da Bósnia Radovan Karadzic (capturado em julho e já extraditado para Haia) e de Mladic, isto garantirá um relatório positivo do TPII sobre a Sérvia, diz o "Blic".

A reportagem acrescenta que tal relatório seria seguido de uma rápida aproximação de Belgrado com a União Européia (UE) e que a Sérvia poderia obter a designação de país candidato à adesão ao bloco até o final do ano com a fixação de uma data para o começo das negociações de incorporação.

Depois da prisão de Karadzic, a possível captura e entrega de Mladic é a principal condição imposta à Sérvia para se tornar o mais breve possível um país candidato à adesão à UE. EFE vb/wr/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG