Imprensa paraguaia dá destaque a triunfo de Lugo nas eleições presidenciais

Assunção, 21 abr (EFE).- A imprensa paraguaia repercutiu hoje a vitória de Fernando Lugo nas eleições presidenciais ao destacar que o ex-bispo fez história após vencer o partido mais antigo no exercício do poder na América Latina.

EFE |

"O povo derrotou os que o humilharam, o empobreceram e o traíram", destacou o jornal "Abc Color" em seu editorial que colocou hoje na capa.

O jornal, o de maior tiragem do país, afirmou que "a partir de hoje a história deste país assume um roteiro diferente" ao realizar uma resenha do processo democrático instaurado após a queda do general Alfredo Stroessner até desembocar no triunfo de Lugo.

Neste sentido, destacou que "a facção do Partido Colorado capitaneado por Nicanor Duarte e sua equipe de sem-vergonhas não o derrotaram somente os partidos e movimentos políticos e sociais" que se aliaram atrás da figura Lugo, "mas também os votos de seus próprios correligionários".

O "Abc Color", o meio de comunicação mais criticado por Duarte e seus partidários, se referiu ao setor liderado pelo ex-vice-presidente Luis Castiglioni, que se declarou vítima de fraude para impor a candidatura de Blanca Ovelar.

"Lugo derruba o Partido Colorado", publicou o "Ultima Hora" na capa de uma seção especial que dedicou hoje ao dia de votação, que "em termos gerais foi tranqüilo", afirma a publicação.

A dupla presidencial da Aliança Patriótica para a Mudança (APC) "alcançou uma arrasadora vitória (de dez pontos)" e "tira do Governo o Partido Colorado após 61 anos de poder absoluto", declarou a publicação.

"Lugo faz história e derruba a Associação Nacional Republicana (ANR)", declarou na capa o "La Nación", que qualifica de "ruidosa" a queda do poder após seis décadas de hegemonia, 35 deles durante a última ditadura. EFE lb/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG