Imprensa indica que governo paraguaio planeja incidentes para interromper eleição

Dirigentes da base governista do Partido Colorado receberam instruções para gerar incidentes no domingo que interrompam as eleições paraguaias, indicaram fontes coloradas na edição on-line deste sábado do jornal ABC.

AFP |

"Os presidentes de seções coloradas têm instruções precisas para gerar incidentes nos locais de votação onde o partido do governo perder ou seus operadores políticos forem impossibilitados de fazer fraudes", disseram membros do próprio Partido Colorado, segundo o ABC.

Membros do Partido Colorado asseguraram "ter ouvido o próprio presidente Nicanor Duarte comentar a estratégia preparada para amanhã" domingo, acrescenta.

"Consciente da possibilidade real de o Partido Colorado perder o poder depois de 60 anos ininterruptos, o atual chefe de Estado paraguaio quer recorrer às provocações para levar à suspensão das eleições pelo menos por um ano, disse a fonte", indicou o ABC.

A suspensão das eleições de domingo por meio de incidentes permitiria a Duarte e ao seu governo manobrar para se manter no poder por mais um ano, ressaltou o ABC.

"O informante que revelou o plano do governo colorado recomendou aos eleitores e aliados dos partidos opositores que não dêem ouvidos a nenhum tipo de provocação", indicou.

O Partido Colorado corre o risco se perder seus 60 anos de poder ininterrupto, incluindo os 35 anos da ditadura de Alfredo Stroessner (1954-1989).

hro/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG