Imprensa americana destaca os pontos fracos de Joseph Biden

Em seus comentários sobre o companheiro de chapa de Barack Obama, a imprensa americana enfatizou neste sábado os pontos fracos do candidato escolhido, Joseph Biden, apesar de destacar que a decisão visa a compensar certas desvantagens do candidato democrata.

AFP |

"Biden é conhecido como charlatão por sua tendência de fazer declarações que o metem numa sinuca de bico", afirmou The New York Times, que recordou que, em 2007, o senador por Delaware afirmou que "Obama ainda não estava pronto para a presidência".

"A escolha de Biden enfatiza certas fragilidades que a campanha de Obama visa a corrigir num momento em que as pesquisas mostram que sua competição com o senador republicano John McCain se torna mais disputada", observa o jornal nova-iorquino.

O jornal recorda que a escolha de um senador experiente e especilista em relações internacionais concede a experiência que falta a Obama.

Com 65 años de idade e 35 no Senado em seis mandatos, Biden possui um conhecimento detalhado do funcionamiento dos mecanismos políticos de Washington e, além disso, estabelece um contraste com o jovem Obama (47 anos).

"Para uma campanha que se orgulha de sua disciplina em termos de comunicação, a opção por Biden incorpora à equipe um forte elemento fuerte de incerteza", comenta, por sua vez, o blog político do Washington Post.

O jornal Los Angeles Times, que apelidou Biden de "a máquina de dar mancadas", recordou que o presidente da comissão de Relaciones Exteriores do Senado é um "excelente orador, mas criticado como verborrágico e que, no geral, se vê prejudicado por suas próprias declarações".

O USA Today, o primeiro jornal nacional dos Estados Unidos, ironiza este tema: "Biden passou a sexta-feira em casa com a família e amigos. O senador habitualmente loquaz assumiu uma postura discreta".

O jornal reconhece, no entanto, "a estatura nacional" do senador e "seu charme", que lhe permitiram obter seis mandatos consecutivos em seu estado.

pjt/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG